3422604414_f58895a7c0_b.jpg

Notícias Congresso CLZ 2021

Cooperativas de reciclagem

recycle icon.png

Covid-19: evento internacional traz perspectiva de recuperação das cooperativas de reciclagem

Congresso Cidades Lixo Zero terá painel dedicado às organizações de catadores de lixo e reciclagem. O evento ocorrerá em junho deste ano, em plataforma virtual.

 

Após período de queda na renda dos catadores de lixo, devido à proliferação do coronavírus, o Congresso Internacional Cidades Lixo Zero dedicará painéis específicos para discutir formas de recuperação do setor de reciclagem. Com a participação de palestrantes nacionais e internacionais, o evento inclui na programação apresentação de exemplo de ações bem-sucedidas, perspectivas tecnológicas e práticas de gestão de resíduos.

A pandemia levou parte das cooperativas de catadores à paralisação total ou parcial de suas atividades. De acordo com a Pesquisa Ciclosoft, articulada pela Organização Compromisso Empresarial para Reciclagem (Cempre), 61,25% das organizações tiveram queda no preço de venda dos materiais em razão da COVID-19. A situação impactou na redução da renda de 58,72% dos profissionais de reciclagem. 

“Do lixo, temos também uma oportunidade de construir uma economia circular, onde diminuiremos os materiais enviados para aterros ou incineradores encaminhando estes para outras cadeias produtivas, como matéria prima e recurso, gerando emprego e renda, incentivando empreendedores, atraindo investidores, incrementando a arrecadação de impostos e diminuindo o custo da gestão dos resíduos para o município. O impacto econômico, social e político é enorme”, afirma Rodrigo Sabatini, presidente do Instituto Lixo Zero Brasil.

A geração de emprego e renda é uma das vertentes defendidas no conceito Lixo Zero. De acordo com o Green Building Certification Institute, a cada 10 mil toneladas de resíduos sólidos gerenciados com essa metodologia seria possível manter 10 centros de reciclagem, 4 centros de compostagem e entre 75 a 250 centros de reuso. O impacto também surtira efeitos na redução de lixões e incineradores. 

Exemplo de boa prática

Em Passo Fundo (RS), desde 2007, a Associação das Entidades do Projeto TransformAção assessora cooperativas de reciclagem. Entre os projetos desenvolvidos com as famílias está a assistência a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade por meio de ações culturais, a educação cidadã da população local e a proposição de políticas públicas nos comitês e audiências legislativas promovidas pelo poder público. 

Ao todo, são 48 associados – famílias em situação de risco social – que trabalham diretamente com a reciclagem, sendo esta, a única fonte geradora de trabalho e renda.