3422604414_f58895a7c0_b.jpg

Notícias Congresso CLZ 2021

Congresso terá conteúdo sobre “Avanços Rumo aos Destinos Sustentáveis”

 O tema será um dos destaques do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero, que ocorrerá nos dias 22, 23 e 24 de junho

bg 2.png

O Instituto Lixo Zero Brasil – ILZB e a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur/DF) selaram apoio na realização do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. O evento acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de junho, em plataforma virtual, e reunirá especialistas de renome mundial para debater soluções de sustentabilidade para os estados brasileiros.  

Em reunião com a secretária de Turismo Vanessa Mendonça, o vice-presidente do ILZB – Kadmo Côrtes sugeriu que a Setur/DF organize uma sala técnica com o tema “Cidades Lixo Zero – Avanços Rumo aos Destinos Sustentáveis”. 

Além de fomentar o conhecimento técnico, a Secretaria apresentará boas práticas que colaboram ativamente com a qualidade de vida do brasiliense e para bem receberem àqueles que visitam a cidade. Os exemplos incluem reuso e reciclagem de materiais transformados em artesanato, bem como das ações adotadas por hotéis, bares e restaurantes aderentes à Jornada Lixo Zero. 

Durante a reunião, a secretária conheceu o projeto “Poiato Recicla” de reciclagem de bitucas de cigarros, ideia que mantém conexão com o artesanato e o Turismo, em virtude do aproveitamento da massa celulósica que é gerada após descontaminação das guimbas. Serão instalados pontos de coleta de bitucas de cigarros pelo Plano Piloto (inicialmente) e pontos turísticos do DF. A tecnologia foi desenvolvida pela Universidade de Brasília (UnB), a qual detém patente da solução, que processa de forma química e mecanicamente o material coletado.

Na ocasião, Côrtes lembrou também o trabalho realizado pelo Instituto Ecozinha (parceiro do ILZB), cuja atuação vai ao encontro do Conceito Lixo Zero e valorização dos resíduos sólidos. A fração orgânica recolhida pertence à cadeia do alimento e possui forte conexão com o Turismo, pois os bares e restaurantes da capital são pontos de encontro e acolhimento dos visitantes. 

O vice-presidente do ILZB entregou à secretária de Turismo o Relatório Nacional de Impacto Socioambiental da Semana Lixo Zero (SLZ) 2020, que teve a participação de 159 cidades brasileiras, incluindo Brasília, e representantes de Portugal e de Moçambique. A SLZ 2020, que trouxe o tema “Bons Exemplos Inspiram”, também foi apoiada da SETUR/DF. 

Turismo Sustentável

O Turismo Sustentável é baseado em três pilares: ambiental, econômico e social. O Brasil ocupa, hoje, o sétimo lugar no ranking no índice de Turismo Sustentável, mensurado pelo The Economist. Como aspectos favoráveis, o país se destaca pela qualidade do ar, emissão de CO2, eventos esportivos e utilização dos recursos hídricos.  Como negativo, foram apontados a violência, instabilidade político-econômica e infraestrutura.

Boas práticas

O Distrito Federal é uma das Unidades da Federação que possui exemplos da aplicação do conceito de lixo zero em seus pontos estratégicos para o Turismo. No ano passado, o governo local inaugurou o Complexo Integrado de Reciclagem do Distrito Federal (CIR/DF). O espaço, um dos mais modernos equipamentos públicos para reciclagem de resíduos do país, ocupa uma área de 80 mil m² na Cidade Estrutural. De imediato, gerou cerca de dois mil empregos para catadores. 

Em abril, a embaixada da Itália em Brasília recebeu a certificação “Lixo Zero”. A certificação reconhece a eficácia de um conjunto de medidas adotadas pela embaixada, de forma a garantir que os materiais gerados sejam encaminhados de forma adequada gerando emprego e renda aos catadores de materiais recicláveis. No caso da fração orgânica os materiais são compostados na própria embaixada e quando transformados em adubo são utilizados na manutenção do gramado e jardins.